Álvaro Damião

Coluna do Álvaro Damião

Veja todas as colunas

Amanhã é clima de final

"O Cruzeiro precisa sair dessa situação. Como?..."

08/10/2019 às 11:50

Vinnicius Silva/Cruzeiro

A quarta-feira será de clima de decisão para o Cruzeiro. O time celeste recebe o Fluminense, às 21h30, no Mineirão. Não resta outra opção ao time de Abel Braga que não seja vencer. 

Com apenas 20 pontos somados em 23 partidas, a Raposa ocupa o 18º lugar na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Uma campanha pífia, que causa revolta - com razão - no torcedor.

Definitivamente, o cruzeirense não merece passar por uma crise tão profunda. Crise financeira, moral, em campo, administrativa. O torcedor investe no clube e deve ser tratado como cliente. É inadmissível, por exemplo, que seja tratado com tamanho desmazelo por parte da diretoria. O torcedor está gritando, pedindo socorro, pedindo entrevistas, posicionamentos, respostas. E nada acontece. 

Onde está o respeito por aqueles que lotam as arquibancadas e empurram o time? Ou melhor, falando de uma forma bem empresarial, onde está o respeito ao cliente que investe no sócio-torcedor, que compra camisa cara, paga ingresso? 

Toda essa inércia dos diretores causa a ira de pessoas que são movidas por uma paixão. A crise do clube está atingindo as arquibancadas. Torcedores brigando entre si. Conselheiros se agredindo. O que essas pessoas estão esperando para fazer algo? O pior acontecer? E quando digo pior, não me refiro ao rebaixamento do clube. 

O Cruzeiro precisa de alguém para bater na mesa e tomar decisões drásticas. Precisa de alguém que tenha pulso firme para lidar com essa crise e saber sair dela. Agora não adianta se apegar à cor do uniforme, a simpatias ou algo do tipo. É preciso ação e cobrança. 

O Cruzeiro precisa sair dessa situação. Como? Jogando bola. Honrando a camisa que veste e esquecendo a crise que assola o clube. É hora de chamar a responsabilidade e fazer a diferença em campo. 

Que amanhã os três pontos venham. Que a paz esteja nas arquibancadas e que o time leve um novo rumo no Brasileirão. Tempo para mudar há, basta ter vontade e disposição. 
Tamo junto e até a próxima! 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link