Notícias

Adolescente confessa ter assassinado motorista de aplicativo em Juiz de Fora e diz que confundiu carro da vítima

Por Redação , 11/11/2019 às 14:33
atualizado em: 11/11/2019 às 15:02

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Divulgação/Trânsito Livre JF
Divulgação/Trânsito Livre JF

A Polícia Militar em Juiz de Fora, na Zona da Mata, detalhou nesta segunda-feira o depoimento do adolescente de 15 anos que confessou ter assassinado o um motorista de aplicativo na madrugada de sábado (9). Ele foi detido nesse domingo (10).

O adolescente disse à polícia que cometeu o crime porque confundiu o carro da vítima, Edison Fernandes Carvalho, de 21 anos, com o de um traficante rival. O garoto, que estava foragido do sistema socioeducativo, contou aos policiais que estava usando drogas em um matagal com um comparsa de 24 anos, que está foragido, quando viu o carro. Eles pediram para o veículo parasse e, como a ordem não foi obedecida, efeturam os disparos. 

A vítima morreu na hora. 

Revolta

Em protesto, cerca de 500 motoristas de aplicativo fizeram uma carreata na cidade na manhã desta segunda pedindo mais segurança para a categoria.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link