Auto Truck CPM Interno

Notícias

Adolescente é baleada na cabeça em Nova Lima; namorado é principal suspeito

Por Redação , 22/10/2019 às 18:02
atualizado em: 22/10/2019 às 18:43

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Amanda Antunes/ Itatiaia
Amanda Antunes/ Itatiaia

Uma adolescente de 15 anos foi baleada na cabeça nesta terça-feira no apartamento do namorado dela, de 19 anos, no bairro Honório Bicalho, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O jovem é o principal suspeito do crime.

A vítima, Micaela da Silva Santos, foi socorrida para o Hospital Nossa Senhora de Lourdes e transferida para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII em estado grave.

De acordo com o cabo Luciano Assunção, o suspeito, João Vitor Raimundo Silva, fugiu do local e tem várias passagens pela polícia. “Ele já é uma pessoa conhecida do meio policial. Quando nós chegamos ao local ele não estava presente, e a cena do crime parecia desfeita, inclusive tudo lavado com água e sabão. Não se sabe o porquê.”

Populares contam que após ouvirem um barulho viram João Vitor correndo no sentido MG-030 e pedindo carona, até que conseguiu entrar em um carro e fugiu. 

Na última semana, João Vitor foi preso após fugir de uma blitz. “Ele atropelou um militar nosso. Deu-se início a uma perseguição, ele foi alcançado e preso. Contudo, em menos de 10 dias, ele já está na rua de novo. Não se sabe o porquê. Aí é competência do Judiciário, a gente não tem como entrar nesse detalhe. O papel da Polícia Militar foi feito, a gente conseguiu alcançá-lo, prendê-lo, a motocicleta utilizada foi removida para o pátio.”

A polícia trabalha com duas possibilidades de motivação: a primeira de que a adolescente queria terminar o namoro, o jovem não aceitou e tentou matá-la e a segunda de que ele estaria brincando com uma arma de fogo e teria disparado sem querer. 

A PM recebeu a informação de que o suposto autor teria tentado se matar em um local conhecido como Viaduto do Suicídio, mas até o momento não se encontrou corpo. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link