Notícias

Humorista e dublador Orlando Drummond, o lendário 'Seu Peru', completa 100 anos

Por Agência Estado , 18/10/2019 às 15:04
atualizado em: 18/10/2019 às 15:24

Texto:

Foto: Divulgação/ TV Globo
Divulgação/ TV Globo

Completar 100 anos esbanjando alegria e muito bom humor é para poucos não é para qualquer um. E Orlando Drummond pode se vangloriar de ter chegado a essa avançada idade cheio de energia e consagrado pelos fãs. Além de viver o icônico Seu Peru, na Escolinha do Professor Raimundo, o humorista e dublador deu voz a inúmeros personagens, como é o caso do Scooby-Doo. Aliás, no domingo vai ao ar o episódio da Escolinha com homenagem a ele. Veja a seguir, trechos da entrevista que ele concedeu ao jornal O Estado de S. Paulo.

Alegria e humor ajudaram a ter uma vida mais longeva e feliz?

Sem dúvida nenhuma. Antes do humor, tem o bom humor, que eu sempre tive. Por isso, andei pelos caminhos que andei e cheguei aonde cheguei. Na verdade, sempre defendi a tese de que as duas coisas mais importantes da vida são amor e humor. A alegria sempre esteve na minha vida. Então, a melhor forma de retribuir tanta alegria que a vida me deu foi espalhando a alegria com o meu trabalho.

Como é se sentir tão querido pelo público?

É maravilhoso, gratificante. O artista não se realiza se não tiver reconhecimento do público. Então, quando recebo o carinho das pessoas, fico com a impressão de que fiz bem meu papel.

Lembra como foi estrear como o Seu Peru? As frases dele são criações suas?

Eu lembro que o papel foi oferecido a um ator mais jovem que eu e ele recusou com medo de ficar rotulado. Foi quando o Chico Anysio disse: “Chama o Drummond”. Agora, as frases e os bordões do Seu Peru, sinceramente, não me lembro muito bem como surgiram. Acho que fomos desenvolvendo de forma conjunta.

Como é receber uma homenagem da Escolinha? O que sentiu ao ser aplaudido em cena?

Olha, eu sabia que gravaria uma participação. Só não sabia que seria o centro das atenções. E, para ser franco, me causou surpresa a reação emocionada de todos. Eu não sabia que era tão querido e respeitado por todos aqueles atores consagrados. Artistas que estou habituado a admirar. Me senti muito lisonjeado.

Como é ver o personagem que criou sendo interpretado por Marcos Caruso? Ele está aprovado?

O Caruso é um artista extraordinário, dotado de grande talento, mas, acima de tudo, um ser humano muito especial, raro. Ele teve a gentileza e a grandeza de me telefonar, antes de gravar como Seu Peru, para me pedir licença, a minha bênção para assumir a responsabilidade de incorporar o personagem. Ele ganhou a mim e a minha família com aquele gesto.

O Seu Peru teria algo para dizer para os fãs dele?

Amados, usem-me e abusem-me, com carinho e com Caruso. Muito obrigado por todas as manifestações de amor que tenho recebido e que, com certeza, me ajudam a chegar aos cem anos com saúde.

O que significa o Scooby-Doo em sua vida?

Scooby-Doo é um acontecimento na minha vida. Foi ele que me levou ao Guiness Book como o personagem dublado há mais tempo pelo mesmo dublador. Além disso, é a voz que as crianças de 5 a 95 anos mais me pedem para fazer, quando sou abordado na rua.

Está realizado?

Plenamente realizado. Assim como todo mundo, fiz o que fiz e dei meu recado. Felicidade é a base de tudo e sempre fui uma pessoa muito feliz. O meu casamento foi mais feliz ainda - alcancei meu objetivo.


 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link