Auto Truck CPM Interno

Notícias

Campeões do mundo divergem sobre 'tamanho' de Neymar na Seleção Brasileira

Por Agência Estado, 11/10/2019 às 11:46
atualizado em: 11/10/2019 às 11:49

Texto:

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Ao entrar em campo no amistoso diante do Senegal nessa quinta-feira (10), Neymar alcançou a marca de 100 jogos pela seleção brasileira. No dia anterior, disse que por muito tempo "carregou a seleção nas costas" e que, por isso, merecia privilégios que outros não possuem. Se sua personalidade polêmica divide opiniões, seu talento é indiscutível.

A questão, no momento, é saber qual o tamanho de Neymar na história da seleção mais vitoriosa do mundo, na qual o jogador iniciou sua trajetória em 2010. Em que patamar ele está, comparado aos grandes craques que cravaram seus nomes na história da seleção brasileira como Pelé, Garrincha, Didi, Gerson, Tostão, Rivellino, Amarildo, Zico, Sócrates, Romário, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo?

Para responder a essa questão, o Estado conversou com ex-jogadores de diferentes gerações campeões mundiais pelo Brasil.

Certo é que Neymar já é o terceiro maior artilheiro da seleção. Segundo os números da Fifa, que considera apenas jogos da seleção principal contra outras seleções principais, ele tem 61 gols, um a menos do que Ronaldo. Pelé, independentemente da contagem, é o goleador máximo: tem 77 pelos critérios da Fifa e 95 nas contas da CBF.

Todos os entrevistados concordam que Neymar já marcou seu nome na história da seleção e que um título mundial aumentaria o seu tamanho e status - até hoje, pela seleção principal, ele só levantou uma taça, a da Copa das Confederações, em 2013.

No entanto, eles divergem quanto à posição exata de Neymar no seleto rol dos principais craques brasileiros de todos os tempos e fazem algumas críticas ao jogador do Paris Saint-Germain, como a individualidade excessiva em alguns momentos e, em outras ocasiões, a incapacidade de se adaptar ao jogo coletivo da equipe brasileira.

Pepe, bicampeão mundial em 1958 e 1962

"Neymar está no Top 10. Entre os cinco melhores não vejo, porque é um grupo muito seleto. Só pensando rápido, dá para colocar Pelé, Garrincha, Didi e Zizinho entre os quatro. Então, mesmo que Neymar ganhe uma Copa, vai continuar entre os 10. Eu o acompanho desde cedo. Ia vê-lo jogar no Santos, quando trabalhava como coordenador, desde quando ele era dente de leite Desequilibrava, a equipe ganhava de seis e ele fazia cinco gols Já tinha certeza desde aquele tempo que ele ia se tornar um dos grandes jogadores do futebol mundial, o que de fato aconteceu.

A seleção não depende exclusivamente dele, mas ele é um dos balanços porque tem qualidade para decidir uma partida a qualquer momento. Neymar funciona como um termômetro e o próprio Tite sabe disso. Tive o prazer de jogar com Didi e, quando ele não funcionava, a seleção entrava em uma pequena pane. Outro exemplo disso era o Zito, que tinha uma liderança muito grande e era respeitado por todos."

Clodoaldo, campeão mundial em 1970

"Sou fã do Neymar. Para mim, está sempre no nível dos melhores do mundo. É um jogador que tem um potencial enorme, capaz de decidir uma partida a qualquer momento. Acho que um título mundial seria sua consagração e aumentaria ainda mais seu tamanho na seleção. Está sempre entre os melhores, mas, na minha visão, o Brasil não é 100% dependente dele porque tem outros grandes jogadores."

Márcio Santos, campeão mundial em 1994

"Acho que ele vai ficar marcado na história da seleção se for campeão do mundo. Teve a oportunidade em duas Copas e ainda não conseguiu. Penso que, tecnicamente, ele está entre os 10 maiores pelo nível de futebol que joga, mas precisa consolidar essa posição com um título mundial. Precisa mostrar mais. Tem feito gols, jogadas bonitas, porém o principal, que é conquistar títulos importantes com a seleção, ele ainda não conseguiu.

Neymar é um grande jogador, mas ele precisa parar de pensar que é a única referência para o Brasil ganhar títulos e isso ficou provado na última Copa América. Eu penso que os jogadores fazem grandes temporadas na Europa, mas vem para a seleção e ficam melindrados pela presença do Neymar. Eles jogam só em função dele e o time sente dificuldade. Ele tem que se adaptar à seleção e não o contrário, o que é um desafio de Tite. É um craque, mas precisa se adaptar ao time. Enquanto isso não mudar, dificilmente a seleção vai ganhar algo."

Vampeta, campeão mundial em 2002

"Minha opinião é de que o Neymar está entre os maiores que já vestiram a camisa da seleção brasileira, mesmo não tendo ganhado uma Copa do Mundo. Para mim, ele joga muito e não é só um dos melhores da atualidade, mas de todos os tempos com a camisa da seleção. Coloco ele entre os 30 maiores jogadores da história da seleção brasileira."

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link