Notícias

Deputados contrários à reforma dominam décima hora de debates sobre o relatório

Por Agência Estado , 19/06/2019 às 06:55
atualizado em: 19/06/2019 às 06:56

Texto:

Com mais opositores que governistas inscritos para discutir o relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) na Comissão Especial da Reforma da Previdência, os parlamentares contrários à reforma dominaram a décima hora do primeiro dia de debates no colegiado. 

Falaram em sequência contra o projeto os deputados Henrique Fontana (PT-RS), Tadeu Alencar (PSB-PE) e José Ricardo (PT-AM). 

Também contrária à reforma, a deputada Lídice da Mata (PSB-BA) considerou que a retirada da capitalização da reforma é o principal acerto do relator que, segundo ela, sabia que essa proposta não teria votos para ser aprovada. 

"Aqueles que não têm como poupar seriam obrigados a economizar por um rendimento muito inferior ao que os bancos têm. Em todos os países onde a capitalização foi implantada, os segurados chegaram à velhice em estado de miserabilidade", criticou. 

Coube ao deputado Diego Garcia (Pode-PR) defender a reforma nesse bloco. "É uma reforma complexa e difícil, mas o relator acolheu pedidos de inúmeros parlamentares, dando condições para a aprovação do texto", afirmou. 

Em dez horas de sessão, 54 parlamentares já fizeram o uso da palavra. A lista de inscritos conta com 155 deputados, sendo 64 para falar a favor da reforma e 91 para falar contra a medida. Além disso, os cerca de 30 líderes partidários também têm direito a fala. A expectativa é de que o debate se arraste por diversas sessões.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link