Notícias

Mudança nos rótulos dos alimentos vai facilitar identificar produtos com excesso de sal e gordura

Por Aline Campolina/Itatiaia, 21/10/2019 às 10:48
atualizado em: 21/10/2019 às 10:52

Texto:

Foto: Agência Brasil
Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) já deu o primeiro passo para a mudança dos rótulos de alimentos produzidos ou vendidos no Brasil. A ideia é que as embalagens passem a apresentar informações mais claras. Uma novidade, por exemplo, seria uma advertência para produtos que tenham altos teores em açúcar, gordura saturada e sódio. A inscrição virá com um desenho de lupa.

Para Caroline Possato, nutricionista, as mudanças nos rótulos dos alimentos devem facilitar bastante a vida dos consumidores. “A gente vê uma confusão muito grande na leitura do rótulo. Vai estar muito visível na parte frontal do alimento a lupa indicando que aquele alimento está com excesso de gordura, de sal, ou se gordura saturada. Eu acredito que isso possa ser um alerta para uma mudança de comportamento do consumidor final”, explica a nutricionista.

Segundo Carolina Possato, hoje as próprias empresas dificultam o entendimento do que vem escrito nas embalagens. “Hoje eles colocam a base de referência conforme a porção. E isso gera muita confusão. Então todo produto vai vir com uma referência para 100 gramas de alimento. Acho que isso vai gerar menos confusão”, afirma.

E esta mudança pode até evitar doenças crônicas. “Hoje, no Brasil, as doenças crônicas não transmissíveis, que são diabetes, hipertensão e doenças coronarianas, são a principal causa, tanto na diminuição na qualidade de vida quanto de morte da população brasileira. Eu acredito que qualquer mudança que apoie a mudança no comportamento, ou seja, a escolha melhor na hora da compra do alimento vai ser positiva”, conclui da especialista.

A proposta foi aprovada pela diretoria colegiada, por unanimidade, e seguiu para consulta pública. Depois da consulta pública, o texto passa novamente pela avaliação da diretoria colegiada da Anvisa.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link