Notícias

Prefeitura de Belo Horizonte cadastra famílias no programa de aluguel social

Por Redação/PBH , 22/10/2019 às 07:50
atualizado em: 22/10/2019 às 07:51

Texto:

A Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel) está cadastrando as primeiras famílias que serão beneficiadas pelo programa de aluguel social. O processo é feito no BH Resolve e, nesta primeira etapa, contempla os idosos com benefício conquistado em discussões públicas do Orçamento Participativo da Habitação (OPH). 

As famílias que se encaixam nesse perfil tiveram o nome do beneficiário publicado no Diário Oficial do Município (DOM) e participaram de reuniões de esclarecimento sobre o programa na Urbel. As que decidiram aderir foram encaminhadas para entregar a documentação no BH Resolve.

De acordo com a diretora de Planejamento da Urbel, Maria Cristina Magalhães, o aluguel social tem como finalidade principal promover o atendimento temporário ou contínuo da população de baixa renda, por meio da locação, a preços acessíveis, de unidades habitacionais privadas ou públicas.

 “Após o cadastramento, a Urbel vai analisar, a partir dos critérios do programa e da Política Municipal de Habitação, se a família realmente se encaixa no perfil de beneficiária. Sendo aprovada, o próximo passo é a indicação de um imóvel, que passará por vistoria da Urbel, e, por último, a assinatura do Termo de Adesão do Programa com a Urbel e do contrato de locação com o dono do imóvel. A partir daí a família passa a receber um subsídio para auxílio no pagamento do aluguel que pode chegar a até R$ 500,00, de acordo com a renda familiar”, esclareceu.
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link