Auto Truck CPM Interno

Notícias

Sem presença de deputados federais bolsonaristas, PSL instala Conselho de Ética

Por Agência Estado, 22/10/2019 às 14:09
atualizado em: 22/10/2019 às 14:17

Texto:

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Nenhum dos 19 deputados do PSL alvos de processos disciplinar no partido foi à reunião do partido na manhã desta terça-feira, em Brasília. Segundo o senador Major Olimpio (PSL-SP), no encontro foram debatidos processos para "aperfeiçoar a transparência da legenda e ser mais ágil na divulgação das prestações de contas".

Além disso, ele afirmou que ficou acertado que haverá a adoção de "compliance" para Executiva Nacional e diretórios estaduais. Também foi instituído o Conselho de Ética, como previa o edital que convocava para a reunião.

Ainda de acordo com Olimpio, mesmo sem terem comparecido, os 19 notificados têm prazo de cinco dias para apresentarem suas defesas ao Conselho de Ética. O resultado desses processos pode levar a uma simples advertência até à expulsão dos parlamentares. O novo líder da bancada, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), também foi notificado.

Olímpio disse que houve quem defendesse a suspensão sumária de alguns dos parlamentares, mas afirmou que o presidente da sigla, Luciano Bivar (PE), interveio e pediu calma e paciência para que tudo fosse feito seguindo o estatuto.

O senador voltou a criticar a interferência do presidente Jair Bolsonaro para que o filho, Eduardo, fosse nomeado líder da bancada na Câmara e sinalizou que, sem esse elemento, o deputado não chegaria ao posto. "Se colocar um cone pra disputar com Eduardo, vai dar o cone", afirmou.

Em relação ao comando do diretório estadual de São Paulo, Olimpio disse que ele e outros deputados paulistas insatisfeitos com o comando de Eduardo farão uma representação ao Conselho de Ética do partido pedindo a destituição do filho de Jair Bolsonaro do posto.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link