Notícias

Em memória das vítimas, sinos tocarão todos os dias no horário do rompimento da barragem

Por Redação, 26/02/2019 às 08:27
atualizado em: 26/02/2019 às 08:39

Texto:

Foto: Edilene Lopes
Edilene Lopes

Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, ganhará um santuário e um memorial para homenagear as vítimas do rompimento da barragem da Vale, que aconteceu em 25 de janeiro – até o momento são 179 mortos e 131 pessoas desaparecidas, de acordo com a Defesa Civil de Minas Gerais. 

Cinco sinos tocarão todos os dias às 12h28, horário da tragédia. O anúncio foi feito pela Arquidiocese Metropolitana de Belo Horizonte durante a missa em memória das vítimas, celebrada nessa segunda-feira (25), quando se completou um mês do rompimento. 

O local onde atualmente funciona o centro de treinamentos de líderes da igreja em Brumadinho será transformado em um santuário, que terá como padroeira Nossa Senhora do Rosário.  

O monumento terá os nomes dos que morreram na tragédia e também uma pedra retirada do Rio Paraopeba e polida por um morador ribeirinho.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link