Notícias

Terapia Cognitiva ajuda a lidar com pensamentos, emoções e dificuldades do dia a dia 

Por Aline Campolina, 15/10/2019 às 08:49
atualizado em: 15/10/2019 às 08:53

Texto:

Foto: Pixabay
Pixabay

Palavras e pensamentos positivos atraem coisas positivas. A frase, que é repetida por muita gente, também pode ter efeito contrário. Segundo a psiquiatra e psicoterapeuta, Jaqueline Bifano, “se você tem um pensamento bom, você vai ter um sentimento bom e, nisso, você vai ter uma atitude positiva. Se você tem um pensamento negativo, uma coisa que vai te causar um sentimento ruim, uma angústia, você vai ter um comportamento negativo também”. Diante disso, a especialista afirma que é preciso compreender como essa forma de agir e pensar afeta a vida do ser humano.

Cada pessoa lida com seus sentimentos e pensamentos de uma forma diferente. Como consequência, as atitudes vão refletir em tudo que há ao redor da pessoa. Entender a forma como o ser humano interpreta os acontecimentos como aquilo que nos afeta é a ideia principal da Terapia Cognitiva Comportamental (TCC).  Além de identificar e corrigir as formas distorcidas de pensar, a TCC ajuda a compreender melhor as emoções e encontrar maneiras mais eficazes para lidar com as dificuldades do dia a dia.

De acordo com Jaqueline Bifano, “na nossa vida, durante o nosso crescimento, a gente vai acumulando alguns traumas gerados por algumas situações. E esses traumas criam alguns pensamentos limitantes que, geralmente, são disfuncionais. Aquele pensamento faz com que você sinta algumas emoções e, consecutivamente, faz com que você aja. Esse é o princípio básico da Terapia Cognitiva: a gente pensa, a gente sente e a gente age”, afirma.

Tudo o que fazemos na nossa infância tem reflexo na vida adulta. Nossos pensamentos e comportamentos são moldados quando crianças. “Geralmente, esses principais acontecimentos que afetam o modo como a pessoa vai agir na vida ocorrem até 12 anos. Se a pessoa tem uma infância mais saudável a chance dela ter mais traumas é menor”, afirma a psiquiatra.

Na fase adulta, essas pessoas que não conseguem lidar com esses pensamentos e emoções estão mais propensas a ter um quadro de ansiedade ou até mesmo depressão. “Se você tem algum problema e você não consegue mudar o jeito de interpretar aquela situação, você vai agir de uma certa forma. E isso pode acontecer em vários ciclos da vida. Aquela mesma situação pode voltar e causar tristeza e prejuízo na vida”, conclui Jaqueline Bifano.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link